Relatório final da gestão do Presidente Domingos Sanches

30 de maio de 2019

RELATÓRIO FINAL DA GESTÃO DO PRESIDENTE DA DIRETORIA EXECUTIVA “DOMINGOS SANCHES” DO PERÍODO DE 31/05/2016 ATÉ 30/05/2019.

 

Prezados Conselheiros (as), Sócios (as), Patrocinadores (as), Investidores (as) e Torcedores (as), apresento-lhes os resultados finais da gestão para demonstrar de forma transparente o sucesso do trabalho realizado por mim e por todos que ajudaram a enfrentar os obstáculos financeiros, e, sobretudo, as ingerências políticas da oposição e das pessoas interessadas somente em servir-se do C.A. Juventus.

Peço-lhes que analisem e guardem estes documentos, que demonstram a realidade do Clube neste momento de transição, e servirão para ser comparados com os resultados das anteriores e das futuras gestões. As inverdades simuladas e divulgadas intencionalmente, para obter vantagens políticas, jamais apagarão as verdades contidas neste relatório e nos documentos anexos.

 

  1. Deixo o mandato de Presidente da Diretoria Executiva com a tranquilidade do dever cumprido, sobretudo por ter alcançado com sucesso as principais metas da gestão. As contas dos exercícios fiscais foram aprovadas pela Auditoria e apresentaram Superávit. Os resultados são motivos de orgulho da minha gestão.
  1. Consolidei o parcelamento dos débitos tributários acumulados nas gestões anteriores; Obtive as certidões negativas de todos os tributos.
  1. Amortizei o valor de R$ 5.699.617,37 da dívida tributária que era de R$ 8.231.761,67 no início da gestão em 31/05/2016. Deixo o saldo devedor de R$ 4.409.117,37 em 29/05/2019 (doc. 01)

 

O Juventus foi beneficiado pelas reduções de multa e juros abatidos na consolidação dos parcelamentos acumulados pelas gestões anteriores. A nova Diretoria deverá continuar amortizando o saldo atual de R$ 4.409.117,37 até quitação final. Caso contrário o Juventus perderá o direito de manter o parcelamento e a dívida será recalculada com juros e multas desde as datas de origem, podendo atingir SMJ em torno de R$ 40.000.000,00,  além de perder as Certidão Negativas, a credibilidade e a  idoneidade fiscal e financeira do Clube.

 

  1. Amortizei R$ 1.627.764,10 dos empréstimos bancários acumulados no valor de R$ 2.767.488,00 em 30/07/2018, e deixo o saldo de R$ 1.139.723,90 em 28/05/2019 (doc.2).

 

  1. Mantive as contas correntes e contas garantidas por meio de boletos e cartões de cobranças de manutenção, taxas e locações no valor máximo de R$ 1.010.000,00. Até 20/05/2019, foi utilizado o valor de R$ 790.353,93, ficando disponível R$ 219.646,07 e o saldo em conta corrente de R$ 4.643,19 em 28/05/2019 (doc. 2).

 

  1. Valor em Caixa em 28/05/2019…………………………R$ 53.932,84 (doc. 3/6).

 

  1. Esclareço que foram emitidos 3.394 boletos de cobrança de manutenção, com até 03 meses em aberto no mês de maio, no valor total de ………………………………………………………………..R$ 1.278.636,04 (doc.7).

 

  1. Obtive o certificado de Regularidade Cadastral de Entidades – CRCE, expedido pela Secretaria, e o cadastro Estadual de Entidades – CEE, do sistema integrado de convênios do Estado de São Paulo (doc. 8).

 

  1. Obtive a aprovação dos projetos de Incentivo Fiscal ao “Esporte Olímpico – Natação”, no valor de R$ 423.174,37, e “Futebol de Base do Juventus”, no valor de R$ 710.998,30, conforme certificados nº 177 e 176/2018 expedidos em 06/04/2018 (Por falta de captação, os valores não foram transferidos ao Clube, entretanto, os Projetos poderão ser reaprovados ainda neste exercício (doc. 9/10).

 

  1. Ressalto que, 16 de abril de 2019, foi expedido o certificado de Incentivo ao Futebol de Base do Juventus, no valor de R$ 313.666,98, cuja captação esta praticamente concretizada (doc. 11).

 

  1. Deixo nesta transição a receber conforme contratos os saldos dos valores do Patrocínio da Associação de Beneficência São Cristóvão, no valor de R$ 360.000,00, para o Departamento de Futebol Profissional; R$ 20.000,00 para o departamento de Futsal e R$ 20.000,00 para o Futebol de Base, no total de……………………………………………………………………..R$  R$  400.000,00.

 

  1. Deixo um projeto com Incentivo Fiscal aprovado para o Futebol de Base no valor de ………………………………………………………………..R$ 313.666,98.

 

  1. Deixo nesta transição a receber conforme contratos de negociações com atletas os valores líquidos e certo de………………………….. R$ 1.065.310,43
  • R$ 415.310,43 – Atleta: Eduardo Gonzaga Mendes Santos, transferido ao Fluminense do R. Janeiro – Valor da Execução judicial, movida pelo Dr. Marqueti em trâmite na 7ª Vara Cível do Rio de Janeiro;
  • R$ 500.000,00 – Atleta: Thiago Beserra dos Santos, transferido ao Corinthians. Valor a receber em parcela única a vencer em 30/05/2019, cf. contrato em face da negociação de 25% dos direitos econômicos com a intermediação do Nacional;
  • R$ 150.000,00 – Atleta: Guilherme Liberato Tomas de Aquino. A receber em 3 (em três parcelas) de R$ 50.000,00, 2 vencidas em 10/04 e 10/05 e a última a vencer em 10/06/2019, do Cruzeiro de Belo Horizonte, cf. contrato em face da negociação de 70% dos direitos econômicos.

 

  1. Deixo também em cobrança no Depto. Jurídico, os valores dos Direitos de Solidariedade na Formação de vários atletas destacando-se:
  • “Paulinho” José Paulo Bezerra Maciel Junior, negociado pelo Barcelona da Espanha ao Clube Chinês – Guangzhou Evergrande FC;
  • Rogério Alves dos Santos, negociado ao Futbolniy;
  • Pedro Rocha que voltou para o Brasil e está no Cruzeiro de B.Horizonte;
  • Lucas Martello Felippe, negociado com o Hellas Verona Football Club da Itália
  • Bruno Marcelo Gavin (Moicano), que foi negociado com o União da Madeira de Portugal e encontra-se atualmente no Santos.
  1. Deixo reservado ao Juventus parte dos valores de direitos econômicos e Federativos em face dos contratos dos atletas:
  • 30% do valor econômico do atleta profissional “Edilson Borba de Aquino – Ourinho”, negociado ao Santos que tem opção de compra de 70% conforme contrato de 17/5/16;
  • 15% do valor econômico do atleta profissional “Luccas do Brasil Cesar Santos”, cedido definitivamente ao Londrina Esporte Clube conforme contrato de 20/04/2018;
  • 30% do valor econômico do atleta profissional “Gustavo Alcino”, conforme contrato de cessão do Avaí Futebol Clube, datado de 6 de março de 2017;
  • 40% do valor econômico do atleta profissional “Luiz Giovanny da Silva Moraes”, transferido definitivamente ao Corinthians conforme contrato de 07/06/2017, que encontra-se atualmente no Juventus;
  • 20% do valor econômico do atleta profissional “Bruno Moicano”, conforme contrato de cessão definitiva datado de 25/01/2018, com o Clube Futebol União da Madeira de Portugal;
  • 40% do valor econômico do atleta profissional “Guilherme Barreto de Avila”, cedido definitivamente ao Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, conforme contrato de 21/06/17;
  • 40% do valor econômico do atleta profissional “Guilherme M. Dantas – Portuga”, cedido definitivamente ao Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, conforme contrato de 28/11/18;
  • 20% do valor econômico do atleta profissional “Gustavo França Amadio”, conforme contrato com o Internacional do R.G.Sul, de 22/04/19;
  • 30% do valor econômico do atleta da base “Nicholas de Souza Cruz Oliveira”, cedido temporariamente ao Botafogo do Rio de Janeiro até 30/11/2019, conforme contrato de 13/09/2018;
  • 30% do valor econômico do atleta da base “Vinicius Xavier da Purificação Moutinho – FOGUINHO”, conforme contrato com o Botafogo do Rio de Janeiro de 10/09/2018;
  • 20% do valor econômico do atleta da base “Igor da Silva Dutra”, conforme contrato de cessão datado de 14/02/2019, do Clube do Avaí Futebol Clube;
  • 30% do valor econômico do atleta da base “Thomaz Henrique Blanco Cavallieri”, conforme contrato datado de 19/02/2019, do Esporte Clube Bahia;
  • 30% do valor econômico do atleta da base “Victor Hugo Rodrigues Bento”, conforme contrato datado de 04/02/2019, do Joinville Esporte Clube;
  • 30% do valor econômico do atleta da base “Marco Antonio Marsulo Junior”, conforme contrato datado de 17/04/2019, o Figueirense Futebol Clube;
  • 30% do valor econômico do atleta da base “Gabriel Barbosa Oliveira”, conforme contrato datado de 14/03/2019, do Avaí Futebol Clube.

 

 

REALIZAÇÕES E INVESTIMENTOS IMPORTANTES DA ATUAL GESTÃO EM TORNO DE R$ 1.000.000,00 (HUM MILHÃO DE REAIS), DESTANCANDO-SE:

 

 

  1. Parque Aquático – Recuperação dos trampolins das piscinas, com recolocação da bandeira tradicional do Clube; Instalação do relógio digital e música ambiente, inclusive com a reforma e a revitalização da lanchonete do quiosque – No valor de R$ 15.000,00; Troca da areia dos filtros grandes das piscinas e outras adaptações para melhorar a qualidade da água – No valor de R$ 20.000,00; Reforma dos motores de alimentação dos toboáguas da piscina social externa. Total gasto…………………………………………………………………………R$ 35.000,00.

 

  1. Piscinas Térmicas – Colocação da porta automática na entrada custou R$ 10.014,00 e substituição de toda a tubulação da casa de máquinas, reparos na impermeabilização e rejunte geral dos azulejos – No valor de R$ 20.000,00; Instalação de dosadores automáticos de cloro, visando a melhoria da qualidade da água e economia, R$ 2.000,00. Total gasto…………………………………………………………………………R$ 32.014,00.

 

  1. Vestiários masculino e feminino – Eliminação dos dutos verticais e reformas, revitalização e pintura no valor de…………………. R$ 13.000,00.

 

  1. Gramado Sintético do campo de Futebol Associados …….. R$ 227.000,00.
  2. Rede Telefônica – Implantação de equipamentos modernos de comunicação que dispensou as telefonistas – No valor de…………………………………………………………………………….. R$ 7.000,00.

 

  1. Energia elétrica – Implantação do projeto de compra energia no mercado livre, para diminuir a despesa de consumo do custo………. R$ 108.147,22.

 

  1. Diretoria, e sala de jogos de cartas – Compra de cadeiras e poltronas para no valor de………………………………………………………………..R$ 28.820,00.

 

  1. Bilhar – Troca dos feltros das mesas no valor de………………R$ 10.200,00.

 

  1. Poço Artesiano – Reforma e instalação no valor de………….R$ 120.000,00.

 

  1. Boate Piramyd’s – Reforma, inclusive eliminação de vazamentos e infiltrações no valor de………………………………………………. R$ 7.220,00.

 

  1. Estádio da Rua Javari – Reforma dos vestiários, banheiros e alojamentos,  incluindo a compra e instalação de armários e guarda-roupas – No valor de R$ 55.000,00; Revitalização do gramado – No valor de R$ 16.520,00; Reconstrução do telhado da tribuna de visitantes (Rua dos Trilhos) avariada por vendaval e reforma do ginásio esportivo, sem custo para  o Clube (em andamento); Troca de vários assentos mais remarcação das arquibancadas para a aprovação do aumento de sua capacidade de 4004 para 5274 pagantes; Reforço do alambrado superior em volta do campo, por solicitação do batalhão  de choque da PM. Valor gasto…………………………………………………………………………R$ 71.520,00.

 

  1. Pista de Cooper – Revitalização com asfalto no valor de …..R$ 54.000,00.

 

  1. Galerias de esgoto e águas fluviais – Recuperação no estacionamento próximo às oficinas – No valor de…………………………………. R$ 8.000,00.

 

  1. Quadra do Futsal – Retirada do piso de madeira e reforma e impermeabilização do piso de cimento, e do telhado…….. R$ 20.000,00.

 

  1. Capela – Recuperação e reforma da drenagem ao seu redor…R$ 4.000,00.

 

  1. Salão Nobre – Troca da tubulação de escoamento de água, que entupiu dentro do campo de Futebol de Associados – No valor de …..R$ 4.000,00.

 

  1. Alvarás de funcionamento – Renovação anual, tanto da Sede Social como do Estádio da Rua Javari (AVCB; vigilância sanitária; segurança (PM); segurança elétrica e engenharia civil custo anual……………………………………………………………………..R$ 25.000,00.

 

  1. Elevador – Modernização do elevador – Valor de ……………R$ 85.021,00.

 

  1. Quadra de Vôlei – Reforma do piso e telhado…………………R$ 20.000,00.

 

  1. Câmeras de segurança internas – Remanejamento de várias, visando cobrir pontos anteriormente descobertos e também um controle permanente da atividade dos caixas do estacionamento geral do Clube.

 

  1. Salão Grená – Eliminação de vazamentos nas lajes do telhado.

 

  1. Auditório – Adaptação para sala de imprensa.

 

  1. Instalação de medidores de energia elétrica “própria” na Quadra de Tênis, campo de Futebol Associados e Bar do Campo.

 

  1. Auditório – Adaptação para sala de imprensa.

 

  1. Quadra externa de Basquete – Instalação de tabelas novas e de bancos de reservas, repintura interna e reforma do telhado.
  1. Obras de acessibilidade – Em cumprimento as exigências fiscais de acordo com a lei (em andamento).

 

  1. Churrasqueiras – Troca das grelhas e manutenção da alvenaria e troca do motor de exaustão da churrasqueira quadrada.

 

  1. Churrascaria Juventus Grill – Negociação para instalação de elevador de acessibilidade, sem custo para o Clube.

 

  1. Tênis – Reforma do escoamento lateral da administração.

 

  1. Muro do Clube – Recuperação de danos em uma casa na Rua Domingos da Fonseca, danificada por queda de árvore.

 

  1. Obtenção de nova certidão de diretrizes junto ao C.E.T., para darmos o devido andamento no cumprimento do “trad”, necessário para a regularização de 29.000 m² de área construída do Clube.

 

  1. Providências em andamento junto à Prefeitura, visando a regularização das metragens das ruas públicas existentes dentro do Clube, para que possamos requerer a renovação da concessão de uso dessas ruas por mais 40 anos, a partir de outubro de 2020.

 

  1. Jardins – Recuperação e plantio de 80 árvores frutíferas e ornamentais, ypes e outras. Também foram cortadas e podadas diversas árvores, mediante prévia autorização formal da P.M.S.P.

 

As reformas e benfeitorias descriminadas sem valor, não foram feitas por contratos com terceiros, os materiais utilizados, foram comprados pelo Clube, de acordo com as necessidades, e a mão de obra foi de funcionários, conselheiros e sócios, que colaboraram espontaneamente.

 

Nesta gestão a equipe de Futebol Profissional, participou do Campeonato da Série A-2 de 2019, e foi classificada em 4º lugar. A equipe de Futebol Sub-20, participou da Copa São Paulo de Futebol Junior em 2017, e foi classificada em 3º lugar. Enfim foi resgatado o orgulho e o respeito do Juventus, como força tradicional do Futebol, fato que não ocorria há muitos anos.

 

O Juventus é reconhecido pelas autoridades como o Clube mais correto, em atendimento à legislação pertinente ao estatuto do torcedor e também quanto à parte social, tanto que em 2017 recebeu o prêmio “ouro” e em 2018, o prêmio “prata” da Federação Paulista de Futebol, em decorrência do Programa de Excelência.

 

 

          DOS PROJETOS PENDENTES DA MINHA GESTÃO:

 

  1. Consolidar a independência financeira do Futebol Profissional, e das equipes de Base, com receitas obtidas de patrocínios, parcerias, e, sobretudo, negociação de atletas formados no Clube, para atingir o objetivo de fazer parte da elite do Futebol Nacional;
  2. Terceirizar a administração do estacionamento, da segurança e da limpeza do Clube;
  3. Construir em parceria, um shopping com arena multiuso, em suspenso no Estádio da Javari.
  4. Revitalização da Iluminação do Clube com lâmpadas de Led.

 

Aproveito para enfatizar que, apesar das dificuldades e divulgações negativas de pessoas equivocadas, os resultados financeiros da gestão, são positivos conforme Balanços Patrimoniais, motivo pelo qual parabenizo os diretores, conselheiros e funcionários, pela dedicação e trabalho realizado, e agradeço a todos os patrocinadores e empresários, pelo apoio e confiança nesta gestão, que eu tenho orgulho de presidir e honrar com minha dedicação e trabalho, até o último dia desta gestão.

 

 

                                                        Atenciosamente

DOMINGOS SANCHES

                                                             PRESIDENTE  CLUBE ATLÉTICO JUVENTUS

 

 

 

 

 

Tags: ,

Arquivado em: Fala do Presidente