São Cristóvão Saúde investe em equipamentos médico-hospitalares

7 de junho de 2021

Para proporcionar resultados cada vez mais assertivos, o Grupo investe em atualizações no segmento health desde o início de 2021 e apresenta tecnologia e inovação no atendimento aos seus beneficiários

 

Prezando pela segurança e cuidado com o paciente e, em um momento no qual o país enfrenta o maior pico já registrado de atendimento durante a pandemia, o Grupo São Cristóvão Saúde, focado na excelência da prestação de serviços assistenciais, têm investido, desde o início de 2021, em diversos equipamentos médico-hospitalares.

De acordo com a Engenharia Clínica da instituição, a finalidade é proporcionar mais saúde e qualidade de vida aos beneficiários, além de trazer completa inovação no seu parque tecnológico. Os equipamentos são:

 – Monitor Multiparâmetro Adulto: foram 47 unidades adquiridas e oferecem total desempenho, sendo uma ferramenta flexível para diversas áreas assistenciais. Os monitores foram destinados ao Pronto-Socorro Adulto, além das três UTIs e Centro Cirúrgico. Os benefícios incluem as opções de relatórios de alarmes para melhor gerenciamento e cuidado instantâneo em casos de arritmia, pressão arterial alta/baixa e desprendimento da derivação de eletrocardiograma.

– Monitor Multiparâmetro Infantil: os 16 aparelhos designados para a ala pediátrica (Pronto-Socorro, Internação e UTI Infantil) possuem, além de todas as funcionalidades do módulo adulto, acessórios específicos para pacientes infantis e neonatais. O objetivo é auxiliar na demanda cotidiana dos pacientes pediátricos.

– Central de Monitoramento: essa tecnologia possibilita maior flexibilidade e segurança para a equipe assistencial, já que possui o controle dos pacientes para um acompanhamento mais preciso, trazendo os relatórios simultaneamente, além de integrar os monitores multiparâmetros.

As quatro centrais de monitoramento foram instaladas nas UTIs (adulto e infantil) e Centro Cirúrgico. Esta tecnologia permite ao time de enfermagem e corpo clínico a visualização de todos os leitos em uma única tela no posto assistencial, com gestão dos alarmes, ajustes de todos os parâmetros desta tela.

 – Módulo de Capnografia:  essa inovação auxilia na análise de gases (CO2) dos pacientes internados, ajudando tanto no suporte clínico quanto assistencial. Os quatro módulos foram direcionados para as UTIs.

– Ventilador Pulmonar: foram adquiridos 19 ventiladores pulmonares, que possuem sistema de ventilação acionado por turbina incorporada, com tempo de resposta rápido e entrega contínua de alto fluxo de oxigênio, além de ampla variedade de modos de ventilação. Eles atendem aos processos assistenciais voltados a pacientes com COVID-19, bem como a pacientes que necessitam de equipamentos para ajudar no sistema respiratório.

– Ventilador Pulmonar Não Invasivo: possui ventilação invasiva e não invasiva para variedade de pacientes não dependentes. Os cinco modelos adquiridos são apropriados para crianças pequenas (acima de 13 kg) e adultos com patologias, como doença neuromuscular, síndrome de hipoventilação por obesidade e doença pulmonar obstrutiva crônica, sendo usado na Fisioterapia Interna do São Cristóvão Saúde. Os Ventiladores Não Invasivos acodem pacientes com COVID-19 que não se encontram em estado grave.

– Ventilador Pulmonar de Transporte Modelo Oxymag: ele auxilia no transporte de pacientes intra-hospitalar e extra-hospitalar que necessitam de ventilação, já que possui bateria com autonomia de até seis horas, garantindo mais segurança na mobilização dos pacientes do Pronto-Socorro Infantil, não sendo necessário a retirada de equipamentos que auxiliam nas questões respiratórias.

– Ventilador Pulmonar de Transporte Modelo Oxylog: trata-se de um ventilador de transporte e emergência, ciclado no tempo (transição da fase inspiratória para a expiratória), com controle de volume e pressão para pacientes que carecem de ventilação mecânica controlada ou assistida. Os três ventiladores foram destinados às UTIs e Centro Cirúrgico, ajudando no processo de intubação correta e desempenho de ventilação constante.

– Ventilador Pulmonar de Alta Frequência: o modelo 3100A é destinado, exclusivamente, para ajudar na ventilação e tratamento de insuficiências respiratórias graves e barotrauma em pacientes neonatais e pediátricos. As condições específicas do paciente tratadas pelo aparelho são diversas, como: insucesso na ventilação convencional, síndrome do desconforto respiratório (SDR), insuficiência respiratória causada por enfisema intersticial pulmonar ou síndrome de escape de ar. O Ventilador Pulmonar de Alta Frequência foi destinado à Fisioterapia Interna da Instituição.

– Laser Terapêutico: os dois aparelhos sem fio foram adquiridos para a área de Fisioterapia Interna, cujo objetivo principal é atuar na cicatrização de feridas, além de alívio da dor e de processos inflamatórios.

– Monitor de Sinais Vitais: o modelo Carescape V100 é um monitor “2 em 1”, utilizado tanto para verificações rápidas quanto para monitorização contínua, trazendo agilidade no processo de triagem dos pacientes com aferição dos parâmetros de: saturação de oxigênio, temperatura e pressão arterial, além do carro de transporte que possibilita mais agilidade na mobilização do equipamento dentro dos leitos. A Instituição investiu em 24 unidades, distribuídas nos andares de Internação, UAR – Unidade de Apoio Respiratório e Maternidade.

– Foco Cirúrgico: A iluminação certa no ato cirúrgico é essencial para o sucesso do procedimento. Pensando nisso, o Grupo São Cristóvão incorporou dois novos focos para a estrutura.  A tecnologia LED de iluminação cirúrgica fornece luz fria com cores naturais e contraste rico por milhares de horas de operação sem preocupações, trazendo maior segurança durante as cirurgias.

Segundo o Presidente/CEO do Grupo São Cristóvão Saúde, Engº Valdir Pereira Ventura, os investimentos tecnológicos foram executados para atender aos públicos adulto e infantil, suprindo a alta demanda assistencial, tanto de pacientes com COVID-19, quanto aos que necessitam de outros cuidados especiais. “O cenário apresentado em nosso território nacional é, de fato, preocupante. Dessa forma, trabalhamos fortemente na busca contínua da excelência dos serviços oferecidos aos nossos pacientes, fazendo o uso de equipamentos high tech, que proporcionam resultados mais precisos para uma melhor tomada de decisão clínica. Apesar do panorama atual, nossas atualizações no segmento health não param, de modo a atender cada vez mais e melhor, cumprindo sempre com nossa missão Institucional”, finaliza o presidente do Grupo.

Sobre o Grupo São Cristóvão Saúde

Administrado pela Associação de Beneficência e Filantropia São Cristóvão, o Grupo São Cristóvão Saúde é constituído pelas seguintes Unidades de Negócio: Hospital e Maternidade Geral, Plano de Saúde, oito Unidades Ambulatoriais, Filantropia, Centro de Atenção Integral à Saúde (CAIS), Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP) e Hotel Recanto São Cristóvão, localizado em Campos do Jordão. Referência em saúde, na Zona Leste de São Paulo, a Instituição completou 109 anos em dezembro de 2020. Através da gestão administrativa dirigida pelo CEO/Presidente, Engº Valdir Pereira Ventura, tem sido promovida uma grande modernização e expansão em sua estrutura física e tecnológica, investido em equipamentos, certificações e profissionais qualificados. Atualmente, o Hospital e a Maternidade aumentou a capacidade de internação passando de 171 para 275 leitos, além das oito Unidades dos Centros Ambulatoriais, Centro Laboratorial Américo Ventura (CLAV) e do Centro de Atenção Integral à Saúde que realizam diariamente milhares de consultas, proporcionando qualidade assistencial às mais de 160 mil vidas do Plano de Saúde.

O atual Presidente/ CEO do Grupo São Cristóvão Saúde, Engº Valdir Pereira Ventura, é também o Vice-Presidente da ACSP – Associação Comercial de São Paulo e o 1º Diretor Financeiro da FEHOSP- Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo.

 

Tags: ,

Arquivado em: Administração, Clube